Psol pede a criação de Comissão para acompanhar denuncias de violência policial

Nossa bancada de deputados e deputadas do PSOL na Câmara solicitou, nesta quarta-feira (15), a criação de uma comissão externa para acompanhar as graves denúncias de violência por parte das polícias, de uso desproporcional da força e de letalidade policial nas quebradas e periferias de todo o país. A instalação desse colegiado não tem ônus para a Câmara e depende apenas da autorização do presidente da Casa, Rodrigo Maia.

Em São Paulo, de janeiro a maio de 2020, foram 442 pessoas mortas em abordagens policiais – o maior número de toda a série histórica, iniciada em 2001. No Rio de Janeiro, houve um aumento de 43% no número de mortes causadas por agentes do estado, em relação a abril de 2019. Dados do Atlas da Violência apontam que 75,5% das vítimas de homicídio no Brasil são negras, maior proporção da última década. É um cotidiano absurdo e insuportável.

A narrativa bolsonarista de exaltação da violência por vezes legitima e até mesmo incentiva abusos cometidos pelas corporações, além de comprometer gravemente o trabalho de investigação e correção de irregularidades policiais. Não compactuamos com a política de morte imposta pelo desgoverno Bolsonaro. Queremos uma segurança pública cidadã, pautada nos direitos humanos e no cuidado com todas as vidas. Chega de genocídio!

#VidasNegrasImportam

Imagem em destaque: Mídia Ninja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *