Áurea Carolina encaminha ação no TJMG para garantir informações precisas sobre a Covid-19 no estado

Subsidiado por Áurea Carolina e pela deputada estadual da Gabinetona Andréia de Jesus, o PSOL Minas Gerais protocolou no Tribunal de Justiça de Minas Gerais um mandado de segurança contra a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), para garantir à população o direito a informações corretas e precisas sobre a pandemia da Covid-19 no estado. A peça foi elaborada a partir da contribuição de especialistas em saúde pública, em diálogo com nossos mandatos.

Diversos indícios sugerem que a SES tem divulgado boletins que não correspondem à realidade da pandemia em Minas Gerais. Segundo estudos da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais e da UFU – Universidade Federal de Uberlândia, o número de óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave em Minas chega a ser 600% mais alto se comparado com o mesmo período (janeiro-maio) em 2019. Além da evidente subnotificação, a divulgação de dados sobre a disponibilidade de leitos de UTI tem sofrido alterações ‘metodológicas’, que somente contribuem para a desinformação.

Grande parte da população mineira está em isolamento social há quatro meses, e diversos grupos e setores sociais começam a sentir os efeitos do fechamento do comércio, da paralisação de atividades não-essenciais e da redução da disponibilidade do transporte público, além do fim do programas de emergência financeira, como o Auxílio Emergencial. Ignorar os dados e adotar medidas inadequadas para enfrentar a pandemia é prolongar ainda mais o sofrimento da população e contribuir para aprofundar o cenário de vulnerabilidade e desigualdade social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *