Triste Brasil: PEC 186 aprovada

Depois de uma semana infernal, a Câmara aprovou definitivamente a PEC 186 nesta quinta-feira. Não vai ter auxílio emergencial decente e inclusivo. Servidores públicos saem extremamente prejudicados. Aumenta o estrangulamento fiscal de estados e municípios. Lutamos com todas as forças, mas não pudemos evitar uma derrota tão terrível.

Chamada de “Emergencial”, é na real uma chantagem perversa com quem mais precisa de socorro para enfrentar a crise. Guedes e Bolsonaro venderam a ideia de que, para evitar que você e sua família caiam na miséria, é necessário cortar investimentos em saúde, educação e políticas sociais; e congelar os salários de servidores públicos. É uma mentira que trai a população brasileira: o resultado será mais empobrecimento, desemprego e piora da situação de quem já está passando aperto.

Testemunhar colegas parlamentares, a maioria apoiadores fiéis de Jair Bolsonaro, defendendo que a destruição dos serviços que atendem à população é necessária para o retorno do auxílio que garante comida na mesa das famílias revelou para mim como parte do Parlamento perdeu qualquer sensibilidade diante da realidade do país.

É desolador. O @psolnacâmara lutou com todas as forças junto com outros partidos da oposição para que a medida não avançasse.

O texto veio do Senado, agora segue para sanção presidencial. Bolsonaro poderá comemorar mais uma vitória cruel do seu governo contra a vida do povo brasileiro.

Eu não descansarei. Vou defender você, sua família, trabalhadoras e trabalhadores de qualquer medida que tenha como objetivo arrancar direitos. Esse é meu compromisso. Nele me mantenho firme por todas nós e pelo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *