Solicitamos atenção especial à segurança alimentar de povos e comunidades tradicionais de Minas Gerais

Para garantir a segurança alimentar e nutricional dos povos e comunidades tradicionais de Minas Gerais, o mandato da deputada federal Áurea Carolina solicitou à Coordenação Estadual de Promoção da Igualdade Racial atenção especial para o fornecimento de cestas básicas para pelo menos 14 mil famílias que têm encontrado dificuldades para se alimentar, por conta do isolamento social necessário para o enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Esses grupos estão entre os mais vulneráveis à contaminação pela COVID-19 e dependem, em grande medida, de gêneros alimentícios que são comercializados nas cidades próximas aos seus territórios. Muitas comunidades não possuem plantios ou outra fonte de recursos para garantir o próprio sustento. Para aquelas que sobrevivem do artesanato, a redução na circulação das pessoas comprometeu o trabalho e a renda.

No ofício do pedido, enviamos os contatos de instituições representativas que nos solicitaram apoio para o acesso aos itens alimentares e estão dispostas a contribuir para a mediação das entregas das cestas.

Em momentos como o que vivemos, o Estado deve garantir a esses povos o direito fundamental e sagrado à alimentação e a proteção ao risco epidêmico.

>> para receber notícias do nosso mandato pelo zap: http://bit.ly/ZapDaAurea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *